Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

A Escolha do Nome...

Estou escrevendo esse post dia 24/10 e nesse momento guri está bem quentinho e guardado dentro do forninho, mas como estou programando esse post pra daqui mais de um mês não sei como estaremos até lá. Se no momento que esse post for ao ar ele já tiver nascido vocês saberão o nome dele, caso contrário ficarão sabendo agora.

Antes de ser gerado, guri já tinha nome. A escolha foi natural e espontânea, assim que ouvimos o nome sabíamos que seria ele. Ainda nos primeiros dias de 2013, quando pensávamos em só começar a tentar em julho, marido me chamou no falecido msn (que Deus o tenha) e disse que estava assistindo um programa de TV onde apareceu um garotinho com o tal nome (se ele já nasceu todo esse suspense tá sendo ridículo, né?) e ele me perguntou o que eu acha, achei o nome lindo e respondi isso e fim da história.
Então em fevereiro veio a notícia de que minha vó não tinha mais tanto tempo de vida e conversei com o marido sobre começar a tentar logo porque queria que minha vó conhece…

Nascemos

No dia 26/11 às 6:22h, medindo 55 cm, pesando 3.475 e com APGAR 9 e 10, nascemos! Pai, mãe e Ravi.

Visita a Maternidade, de novo...

Imagem
Ontem acordei inchada, muito, muito inchada mesmo. Meus dedos das mãos pareciam salsichas gordinhas. Era mão, rosto, pernas, pés...tudo inchado, mas confesso, não liguei. Daí minha mãe chegou da missa e ao me ver parecendo o boneco da Michelin decidiu que eu tinha que ir pra maternidade...

E começou meu martírio porque eu não queria ir, e ela me enchendo os ovinhos...e marido deitado lendo a bendita Guerra dos Tronos disse que a decisão era só minha...aff. Aferi a pressão em casa mesmo e marcou 13x8...como não era alta eu realmente NÃO QUERIA IR, mas minha mãe é a pessoa mais chata desse universo inteirinho e não parou de falar em como a  família é de hipertensos, que minha prima teve pré-eclâmpsia e tinha só 14 anos (ela começou cedo beeem cedo), que eu com 25 era mais perigoso ainda...terror psicológico pesado.
Vejam bem, duas coisas...eu não queria ser a chata que vai pra maternidade a toa num domingo e eu não queria gastar dinheiro de táxi a toa...tentei convence-la a esperar meu …

Como controlar a ansiedade?

Imagem
Não a minha, a dos outros.
Desde que voltei do Fernando Magalhães com uma "data" tenho me sentido bem mais tranquila. É provável que na noite anterior eu não durma, mas até agora tenho lidado muito bem com a espera. Até aquele medo tem diminuído um pouquinho a cada dia. Ando me sentindo até bem orgulhosa de mim mesma. Mas, nem tudo são flores...
Minha DPP é 30/11, certo? Ou pelo menos era pra ser não fosse a ultra me dando a DPP pra hoje, mas desde o começo a DPP é 30/11 e sempre que me perguntavam "pra quando é?" eu respondia "final de novembro"...mas o que acontece é que há mais ou menos um menos todo mundo resolveu pirar!!!! Eu não passo um dia sem ter que responder se eu tô sentindo alguma coisa ou se já nasceu ou coisas do tipo...
Minha vó sempre que me vê, e levando em consideração que a casa dela é em cima da minha isso acontece direto, me pergunta se tá tudo bem e se estou sentindo alguma coisa. Minha tia liga todas as manhãs pra saber se estou se…

Decisões

Desde que descobri a gestação, eu estava decidida a parir no Maria Amélia, aí eu conheci o dr Marco Aurélio e decidi que ia parir no Panamericano, mas perdi o plano de saúde e voltei ao plano original. E então começou o ataque da mídia ao MMA, mas eu não mudei de ideia...fui lá conhecer, perguntei se precisava de encaminhamento e me informaram que não, era só chegar e parir...
Mas os ataques foram ficando mais violentos e eles mais rígidos. Começaram a informar que se lá não fosse sua referência depois que o bebê nascesse você seria encaminhado pro seu hospital de referencia e só aceitar quem não fosse de lá com no mínimo 6 cm e tudo mais....e eu fui ficando com medo, porque na minha cabeça o Fernando Magalhães era um açougue...
Então eu fui conhecer o Fernando Magalhães e me surpreendi...ao contrário da maioria dos hospitais do SUS o parto e o pré-parto são no mesmo lugar e com direito a acompanhante, eu tenho direito a um acompanhante durante toda minha internação. Não isso de ficar…

Visita a maternidade

Falemos da doula...

Esse post está no rascunho a mais tempo do que deveria, e como estamos chegando ao fim resolvi postar logo antes que ele não importe mais. Sem contar que ainda hoje sai um outro post que me fez acreditar que essa explicação seria importante primeiro.
Tudo começou quando a Aline me indicou a doula dela, que fazia trabalho voluntário. Entrei em contato com a mesma que foi um amor comigo, mas me explicou que tinha outra gestante com a mesma DPP e que não poderia me doular, mas me indicou alguns outros nomes...e aí começou a minha peregrinação.
Das 3 indicadas só uma podia e essa se mostrou interessada em me conhecer. Trocamos telefone, ela combinou de ligar e...nada...daí disse no Facebook que era melhor nos encontrarmos e eu marquei. Ela pediu que eu esperasse ela ver na agenda se podia e bem nunca mais entrou em contato. Eu não me achei no direito e insistir (e ainda não acho), afinal o trabalho dela é voluntário...eu não ia pagar nada, é quase um favor.
Então numa madrugada de insônia…

A Lua Me Traiu...mas foi melhor assim.

Imagem
Ontem as 02:57h entrou minha nona lua e não aconteceu absolutamente NADA! Absolutamente nada de diferente...só que, foi beeeem melhor assim e para isso vou fazer um pequeno resumo dos últimos dias para vocês.
Quarta-06/11 - Marido come um lanche de mortadela de uma padaria suspeita.
Quinta-07/11 - Marido não vai trabalhar porque o estômago tá ruim pelo ato estúpido do dia anterior e é diagnosticado com intoxicação alimentar.
Sexta - 08/11 - Surgem duas "perebinhas" na pele do marido e achamos que tem algo haver com o maldito lanche de mortadela e a intoxicação.
Sábado- 09/11 - As perebinhas se multiplicam e chega uma febre pra acompanhar.
Domingo - 10/11 - Levantamos cedo, vamos ao PS e descobrimos que as tais perebinhas são na verdade varicela, sim...um sujeito de quase 30 anos com catapora!!!! Somos informados de que como eu já tive sou imune e que não tem problema nenhum termos contato (menos contato íntimo, if you know what I mean), seria mais prudente dormirmos em cama…

Uma postagem sem título

Tenho alguns posts no rascunho, o plano era escrever tudo ontem e deixar programado pra semana toda, mas não achei justo...vejam bem, não achei justo comigo. Tentei fazer todos os posts ♪jogando o clima lá no alto ♫, mas não é bem assim que eu estou, então preferi guardá-los e simplesmente não postar nada enquanto a vontade de falar não viesse...e hoje ela veio, mas veio coberta de sinceridade.
Estou em um momento completamente conflitante, estou assim "meio barro, meio tijolo" (expressão usada pela minha mãe que eu nem tenho certeza do que significa de verdade)...por um lado eu sou só ansiedade pela chegada do moleque, por outro sou só medo e incerteza.
A proximidade da 38° semana, o berço e a cômoda montadas lá no quarto, os desenhos na parede, tudo mexe comigo, me deixa triste, me faz pensar em tudo que o Igor não viveu e que eu não vivi com ele. Dá um aperto tão grande as vezes...e aí a tristeza vira medo, aquele medo horrível, sombrio, que cega...de que as coisas se rep…

Um moleque de sorte

Imagem
Eu não sou muito fã de sorteios, já disse isso aqui. Geralmente pedem que a gente faça de um tudo pra poder concorrer...e eu não acho isso legal. Esse ano participei de 5 sorteios...e ganhei 3!!!!!!!!
Sim...3....ganhei esse template, ganhei dois babadores lindões e agora acabo de receber um kit Johnson's
Baby da Ellen....com um talco, um higiapele, sabonete e lenço umedecido.



Todos os sorteios eu ganhei já com o guri no forno e tô achando que a sorte é mais dele que minha...então vou começar a jogar na Mega Sena essas últimas semanas, porque vai que....
É ou não é um moleque de sorte...