BC: Novas Mamães - Batismo

O tema de hoje foi escolhido pela Cacau e é :"BATIZAR OU NÃO BATIZAR ? O QUE EU ESPERO DOS PADRINHOS DO MEU FILHO E COMO EU OS ESCOLHI?"

E lá vamos nós...

Batizar ou não batizar?
Batizar. Eu e marido não temos religião, temos crenças. Eu acredito em Deus (ou coisa que o valha), que estamos aqui de passagem. Já fui católica (catequista, inclusive) e minha mãe ainda é e faz linha beata, então a simples ideia de não batizá-lo geraria uma crise familiar.

O que eu espero dos padrinhos?
Que sejam presentes, que deem carinho, amor e atenção e que o Ravi, muito mais do que eu, saiba que pode contar com eles.

Como eu os escolhi?
A princípio seriam os mesmos padrinhos do Igor (duas amigas minhas e o irmão dele), mas quando soubemos que seria outro menino veio a necessidade de mudar. A madrinha foi escolhida rápido, minha tia (irmã do meu pai) que durante a gestação foi um anjo pra gente e desde que Ravi nasceu vem vê-lo pelo menos uma vez na semana e disse estar fazendo macumba pra eu engravidar logo de gêmeos pra dar o Ravi de presente pra ela. Quanto ao padrinho marido escolheu um amigo dele, que eu não conheço e até hoje não se manifestou em conhecer o Ravi...sou meio contra essa escolha, porque como disse antes que alguém que se faça presente na vida do meu filho...então veremos.

Comentários

  1. Eu disse que esse é um assunto que rende.... eu também me chatearia se um padrinho do João não viesse ver ele, não tivesse contato!
    Se tem, eles tem que se dar bem né?

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Aimmm nem me fale desse negocio de batismo... Como moro fora do pais, so fui conhecer minha afilhada 9 meses depois! Em dezembro agora.. E os padrinhos do meu filho sao os pais da minha afilhada... De qq forma nao sou presente de corpo, mas todo dia falo com eles...
    Mas é realmente bom ter padrinhos escolhidos a dedo.. Eu sempre quis ter padrinhos e nunca tive.. :(

    ResponderExcluir
  3. os meus não são batizados por uma questão de crença também
    prefiro que cresçam e escolham eles próprios o caminho a seguir
    mas não sou contra, aliás eu fui batizada.
    Carlah Ventura - Intensa Vida

    ResponderExcluir
  4. Eu amo os padrinhos da Lorena. São super presentes!!
    Eu ficaria chateada tb se isso me acontecesse.

    beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são moderados para evitar a fadiga, mas não se acanhe e comente ou me sentirei falando sozinha.

Postagens mais visitadas deste blog

A perda gestacional existe...e tem rosto.

Epifanias

5 meses: Celebrações e Desenvolvimento