Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

BC: Papo de Mãe

E a BC Novas Mamães? Ninguém postou hoje? Não vai rolar?

Hoje estreia a BC: Papo de Mãe, que será quinzenal...o tema de hoje foi escolhido pela Lalah e é: "Qual foi sua maior dificuldade com a maternidade até hoje?"

Amamentar! Hoje em dia eu tiro de letra, faço até dormindo, mas no começo foi punk. Só tive leite no terceiro dia pós parto. Tive fissura no seio, a coisa piorou perdi um pedaço do bico do seio, deu pus, Ravi foi pro Aptamil e por 3 dias ele tomou LA e eu cuidei do seio com Lanidrat (obrigada Joy) e quando o seio cicratizou Ravi não quis voltar pro peito, chorei, entrei em desespero, aluguei uma amiga (obrigada Dany)...ele tinha 9 dias só e a ideia de ter meu recém-nascido bebendo leite de vaca acabava comigo.Aí fui ao banco de leite e uma enfermeira me ajudou, depois disso meu gatinho não largou mais a teta. Mas foram dias desesperadores!!!! Acho que foi a maior dificuldade que passei.

Rotina

Acordo, levanto, faço exercício, tomo banho com o Ravi, preparo o café da manhã, tomo café, Ravi dorme, lavo a louça, dou um jeito na casa, Ravi acorda, coloco roupa na máquina, se preciso ir na rua esse é o momento, vamos pra minha mãe, almoço, Ravi dorme, pego o notebook e começo minha aula, Ravi acorda, pede atenção, paro a aula, brinco com ele, canto, ele se acalma, volto pra aula. Termino a aula da faculdade e começo a do curso, pausa pra dar atenção ao guri. Invento algo pra lanchar, assisto TV. Coloco Ravi na cadeirinha, vou pra cozinha. Shantala, banho e colo até ele dormir...ele dorme, janto, banho e aí já são quase 22 horas e é hora da cama. Nesse meio tempo rolam trocas de fralda a cada 3 horas e nos côcos e aleitamento em livre demanda. Espiadas no Facebook, no blogger, e Whatsapp...
Ando cansada, exausta é o termo exato...

Não tenho disposição de dar atenção ao marido, if you know what i mean, pensei em desistir dos exercícios, de trancar a matrícula da faculdade, do curs…

Facebook

Olá, gente linda, elegante e sincera...
Hoje decidi criar uma fan page pro blog...estou há alguns bons minutos tentando colocar a caixinha de like aqui do lado, mas não tá rolando...então deixou o link aqui, quem quiser curtir será muito bem vindo. Quando me sobrar um tiquinho de tempo eu tento configurar essa bagaça....

BC Novas Mamães: Avós

O tema de hoje foi escolhido pela Cacau e é "Qual o papel dos avós na criação do seu filho? eles ajudam? se metem? sabem o limite deles? como é essa relação?"

Vamos lá...
O avô paterno mora em Salvador e a avó paterna só o viu 4 vezes...então não tem grande papel na criação do Ravi...
Já a turma do lado de cá...ai ai ai. Ravi é apaixonado por eles, só de ouvir a voz da minha mãe ele já fica doido! Minha mãe me ajuda pra caramba, almoço com ela todos os dias e janto quase todos. Ela se intromete e como se intromete...mas sabe o limite dela, então palpita bastante, mas não força a barra. Só abusa nos presentes, já pedi pra pegar leve, que não quero ele consumista, mas ouvi que o dinheiro é dela... Meu pai também...ele tá se realizando com esse neto, bola, carrinho...é o "moleque" pra cá, o "moleque" pra lá...Outro dia comprou 1 kg de laranja pêra pro Ravi tomar suco, porque "ele mama muito peito"...eu deixei a laranja lá...bebi bastante suco e nã…

Melhor do que ser surda...

Imagem
Abaixo narrarei um diálogo que participei hoje, não especificarei qual das três sou eu, vocês vão saber.

-Ele não pega dedo nem chupeta?
-Chupeta não, o dedinho as vezes ele pega.
-Dá o dedinho, força quando ele chorar aí ele te deixa em paz.
- Ele toma chá, suco, água?
-Não só peito.
-Tem que dar pro estômago se acostumar.
-O meu filho mais velho não mamava peito e quando chegou no pediatra estava desidratado, peito não tem água.
-É, não vai em modinha não. Não tira o peito, mas dá mais coisas.Ele precisa de água pro pulmão. Brayan mamou até 4 anos, Bruna até os 3, mas com 3 meses ela já tomava vitaminha de frutas, nutricionista que passou. Eu levei ela, disse que ela tava secando, não bebia Nescau, nem Nan só queria peito, aí a nutricionista mandou eu dar vitamina.
-Ih meu caçula mamou até 8 anos, mas desde pequeno ele tomava chá de alface pra relaxar e cházinho de erva-doce. Pediatra nenhum gosta dessa besteira de só dar leite.
-Só peito, até 6 meses ele não precisa de mais nada. O…

BC: O que eu aprendi com o meu bebê?

Hoje o tema da BC foi escolhido pela Naity...e é "O que eu aprendi com o meu bebê?"

Acho que aprendi a ser mais paciente, a conhecer cada choro, a dar banho em bebês, a fazer cara de alface, a confiar nas minhas escolhas e no meu sexto sentido Aprendi que eu não sabia o que era amor, aprendi a amar mais a cada dia... Aprendi a otimizar meu tempo e que pequenas sonecas são do tamanho exato de uma pia sem louças...







Salto de Desenvolvimento

Ou treinando pra ser mãe de adolescente.

Do Guia do Bebê:
"Toda vez que seu bebê desenvolve uma nova habilidade, ele fica tão excitado e obcecado com a conquista que a quer praticar o tempo todo, inclusive durante o sono. Em outras palavras, um dos ‘efeitos colaterais’ desse trabalho todo que o cérebro dos bebês está fazendo é que eles não dormem tão bem quanto o fazem em períodos que não estão trabalhando em dominar uma nova habilidade. Eles podem até resistir às rotinas já estabelecidas. (...) Todas essas novas experiências trazem insegurança ao bebê que provavelmente procura mais o conforto do peito da mãe. Isso pode deixar a mãe preocupada se produz leite materno suficiente, o que não procede, já que a produção se ajusta à demanda."

Ravi está com 11 semanas e está passando pelo salto de desenvolvimento das 12 semanas. E assim, a impressão que tenho é que ele estudou bastante pra passar por tudo direitinho...tá fácil não.
Ele continua sendo meu gatinho sorridente, exceto…

A Matrix

Imagem
Com 3 meses eu passei a tomar mamadeira de farinha láctea, aos 6 meses fui desmamada e pra celebrar tomei uma mamadeira de Coca-Cola e comi caldo de mocotó com arroz passado no liquidificador, o ano era 1988...e eu não morri. Minha mãe me batia pra me educar, batia MESMO...uma vez apanhei com uma corrente de bicicleta, ficou a marca e tudo e eu não morri. Eu sou uma sobrevivente, mas nem por isso vou repetir esses erros com meu filho, não quero que ele seja um sobrevivente, quero que ele receba o melhor. Minha mãe fez o que ela achava que era o certo, o melhor....ela estava (e ainda está) na Matrix.
Ano passado, ainda grávida, conversava com colegas solteiras e sem filhos, uma delas disse que ia bater nos futuros filhos e que daria cházinho de alface porque não queria perder noites de sono, a conversa virou uma discussão levemente acalorada. onde eu defendia que bater não faz bem a ninguém, nem a mãe que bate e nem ao filho que apanha, e que noites acordada fazem parte da maternidade…

BC: Carnaval com o Bebê

Advinha quem esqueceu que hoje era dia de BC?...
O tema de hoje foi escolhido por mim...
Então vamos lá...
Como eu disse aqui, são 15 anos de Cordão do Bola Preta, mas esse ano não vai rolar...até pensei em ordenhar e deixar o Ravi com a minha mãe, mas acho o pequeno muito pequeno ainda...então não vai rolar.
Eu gosto bastante de carnaval, bloco de rua, festa de rua, praia, assistir os desfiles...
Mas como eu disse esse ano não vai rolar nem Bola Preta, nem Largo do Bicão, nem praia...vou abrir mão de todas as coisas que curto fazer no carnaval e ficar em casa curtindo meu neguinho.
Pretendo comprar uma fantasia pro Ravi, comprar coisas pra fazer pastel, cachorro quente, pizza e encomendar um cento de salgado e curtir em casa mesmo...ano que vem, com o guri mais velho a gente curte rua...