Mas eu me mordo de ciúme

Minha rotina diária envolve acordar as 5:40h todos os dias e sair de casa antes das 7h, o que significa que não faço mais parte da rotina matinal do curumim. O pai é quem troca a fralda, tira o pijama, dá café da manhã e entrega pra minha mãe, que se responsabiliza pela parte da manhã e nos dias que saio mais tarde, pelo almoço.
Isso posto, tem rolado uma coisa que está me matando por dentro, Ravi acorda todas as manhãs chamando "papai".
Hoje, a coisa passou de todos os limites aceitáveis para uma mãe humana (conseguem sentir o sofrimento nas minhas palavras?). Ravi acordou e chamou papai, eu fui toda contentinha pegá-lo, ele me olhou, sorriu e chamou de novo "PAPAI" e continuou chamando até o pai vir. Fui, oficialmente, preterida. Mesmo quando estou em casa, o papai é o responsável pela rotina matinal.
Agora falando sério, apesar de ficar mesmo enciumada com esse negócio de nem aos fins de semana ele aceitar vir comigo de manhã, saio de casa mais tranquila sabendo que ele fica bem e que está adaptado a rotina matinal.
Tá ficando um rapazinho meu bebê...

Em outros assuntos, obrigada a quem já respondeu meu questionário. Vocês são lindas, fofas e cheirosas!!!! Quem ainda não respondeu e quiser e puder clica aqui e ajuda a amiguinha.

Comentários

  1. Também morro de ciumes. Mas acho bacana esse cuidado e esse carinho entre pai e filho.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Hahaha!
    Temos que engolir o ciúme e admirar a relação deles, né?!
    Te entendo... Cecília tá numa fase que, quando sentamos os 3 na mesa, ela entrega a colher pro pai é só aceita ajuda dele!! rs

    ResponderExcluir
  3. Aqui a Liana tá numa fase longa de só querer a mamãe. Ela só dorme se for comigo, e quando tá cansada só eu posso ficar com ela no colo. O pai dela fica se mordendo de ciumes!
    Mari, já respondi o seu questionário :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Mariana, na minha casa tb é assim. Saiu cedíssimo de casa e marido que cuida o guri quando eles acordam. Final de semana (ou quando ele resolve acordar antes das 7) ele me olha e já solta um "papa?!", daí explico que papai tá dormindo e tal, mas o "papa?!" se repete n-vezes até ele enxergar o pai.
    Agora "mama" virou para banana (pra fruta, nao a mae banana aqui). Só raramente sai um mamain quando ele tá puto com alguma coisa. Ou seja, meu filho nao me chama mais!
    Haha, Gabi, me filho tb entrega a colher pro pai!
    Bjs,
    Elisa

    ResponderExcluir
  5. Sei como é....quando vou buscar minha bebê na casa da minha mãe, ela passa por mim procurando "Papai" atrás de mim....e se irrita quando ele não está....ou seja, todo dia....kkkkkkkk Mas, até acho bonito o amor dela pelo pai!!!

    Tem uma TAG pra vc lá no meu blog ;)
    http://bemnaity.blogspot.com.br/2015/05/tag-meu-blog-e-eu.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são moderados para evitar a fadiga, mas não se acanhe e comente ou me sentirei falando sozinha.

Postagens mais visitadas deste blog

A perda gestacional existe...e tem rosto.

Epifanias

5 meses: Celebrações e Desenvolvimento