Do que se esconde nas sombras...

Quando a gente tá com medo até nossa sombra se torna assustadora.
E é assim que eu fico na 38a semana de gestação...com medo!
Não tem meditação, oração, sensatez que me ponha na cabeça que as chances da história se repetir igualzinha são mínimas! Não tem...
Em grande parte a culpa é das pessoas que me consolavam dizendo "eu passei por isso duas vezes, mas depois tive meus dois filhos." ou "eu perdi 3 bebês assim, desse mesmo jeito"... Juro houveram esses dois testemunhos de consolo...mas enfim a culpa não é das pessoas, né? É minha, que absorvi essas histórias...
Daí quando a próxima consulta do pré natal foi marcada pra próxima segunda, data que estarei com 38+6, exatamente a mesma idade gestacional do dia 16/10/2012 eu tive ainda mais medo...
Mas, aí de mim se falar em voz alta que tenho medo...não pode. Tem que guardar pra si...
E ai de mim se falar que estou ansiosa!!! Não pode!!! " Mulher empoderada sabe que quanto mais tempo o bebê passar na barriga melhor.", escreveu uma lá no Babycenter...
Ela não sabe o que eu sinto, claro. Não conhece minha dor, ainda bem... Consequentemente ela também não vai respeitar minha ansiedade, meu medo...meu desejo de ter essa menina no colo, de olhá-la nos olhos e ver com quem se parece o quanto antes. Minha necessidade quase desesperada de sentir sua respiração, de amamentar...
Ninguém entende, porque tal qual um floco de neve, eu sou única na minha dor...
E que os céus me ajudem ou a parir antes de segunda ou a chegar logo na terça...que o que tiver que ser, seja!

Comentários

  1. As nossas sombras surgem nesta reta final mesmo. Se não fosse sua perda anterior, certamente haveria outra coisa, outro medo. Mas como você tem essa sombra imensa e aterrorizante, é ela que vem.
    Queria dizer alguma coisa bem bacanuda para ajudar você, mas não existe nada, porque vem de dentro de você o que você precisa ou consegue. Então, desejo que você consiga encontrar seu caminho apesar do medo. E estou torcendo aqui para tudo dar certo.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Mari, eu te entendo tanto! Não sei o tamanho do seu medo, mas sei o que é sentir isso, de chegar em tal data e acontecer tudo de novo. Nessa hora eu queria que existisse a possibilidade de alguém me falar o que ia acontecer só pra eu ficar mais calma, rs.
    Tenta respirar fundo e trazer o pensamento pro momento presente quando bater a ansiedade por aí. Sabe aquelas coisas que a gente faz antes de nascer o primeiro baby? Ir ao cinema, andar na rua, sair com o marido, ir a praia, etc..? Faz uma listinha assim pra ir "ticando" até segunda-feira, assim você se distrai e o tempo passa mais leve. Não sei se vai fazer esquecer, mas pelo menos preenche mais, né. (quer dizer, eu sei que com outro filho o tempo é outro e que há mil coisas, pode ser qualquer coisa simples até em casa mesmo, ou sair na sua rua com Ravi, escrever uma carta pra baby, mas fazer a atenção voltar pro momento presente).
    Qualquer coisa estou por aqui, viu?!
    Já já você vem contar que está com uma garotinha linda nos braços, amamentando loucamente <3

    Beijo grande e abraço apertado!

    ResponderExcluir
  3. Dificil...
    E esse medo é só seu e as pessoas nunca entenderão (infelizmente), mas sim, você tem todo o direito de senti-lo.
    Que chegue segunda com bebê nos braços ou terça com coração mais tranquilo. Estamos aqui caso precise gritar e colocar tudo isso para fora.
    Fique em paz. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Mari, tem que falar sim, vivenciar, verbalizar o que está sentindo, só você sabe e entende a dimensão da sua dor, ninguém pode te julgar por senti-la.Não acredito que exista alguém que não fique ansiosa para o bb nascer, todo mundo tem medo que algo dê errado, a diferença é que uns são corajosos o suficiente para admitir esse medo. Tive muito medo na gravidez do Anthony muito mesmo, de quase passar mal antes dos ultrassons, isso sem ter nenhum histórico, por isso admiro sua força e sua coragem de expressar o que sente <3! Você está cercada de muita vibração positiva, de muita energia boa. Já deu tudo certo! Tenho certeza que sua menina nascerá linda, saudável!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são moderados para evitar a fadiga, mas não se acanhe e comente ou me sentirei falando sozinha.

Postagens mais visitadas deste blog

A perda gestacional existe...e tem rosto.

Epifanias

5 meses: Celebrações e Desenvolvimento