Um montão de coisa

Lindonas, primeiro queria agradecer a todas que ofereceram um ombro amigo. Não respondi por falta de tempo, e não por falta de interesse. Ok?

Vou voltar pra falar do puerpério que teve uns dias punk metal hardcore, mas agora salvo a privação de sono tá tranquilo.

Estou numa fase bem louca da vida, durmo pouco, como frio, vez ou outra preciso lidar com duas crianças chorando, preciso me dividir em duas pra dar conta dos dois (teria que me dividir em quatro pra cuidar da casa e dar atenção ao marido e em cinco se contasse a faculdade), mas posso assegurar a vocês que nunca estive mais feliz. A experiência prévia me faz manter o foco de que esse início é NADA comparado com todo o resto. Ravi já tem 30 meses, ou seja, depois do primeiro mês caótico já tivemos mais 29.

Volto depois pra dar uma resumida nesses primeiros dias...

Beijo grande e obrigada pelo apoio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A perda gestacional existe...e tem rosto.

Epifanias

Sapos e Princesas