Sigamos...

A maternidade é devorada, ela é maior e mais complicada parte da minha vida, por vezes ela me engole.
Veja bem, por mais que você se comprometa a não se privar de nada por ser mãe, a vida irá te privar de muito...É assim que as coisas são...
A maternidade me consumiu e por vezes eu quis (e quero ainda) sair correndo até chegar no Canadá...Mas aí numa manhã de sábado, enquanto Cecília corre louca desgovernada pelo quintal gargalhando, Ravi senta pra meditar e "recuperar as energias" e aí eu me lembro que é só isso que importa!!!!
Parar, respirar e recuperar as energias. Tudo está no lugar certo, tudo acontece como tem de acontecer...
Sigamos...

video

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A perda gestacional existe...e tem rosto.

Epifanias

Uma Baita Viagem?!