Piadoca

Pois é, hoje eu tava lá no diário de bobeira, deitada na cama com o notebook na minha frente, quando me falaram de um rebu no Facebook e eu que gosto fui correndo ver do que se tratava, pois bem, era uma pessoa postando que defendia a césarea mesmo e quem não gostasse a bloqueasse...assim do nado, puxou o assunto pra criar um rebuzinho e as macaquinhas aladas já vieram batendo palma, que cesárea é linda, que PN é feio, coisa de índio, dói muito...teve até gente que teve experiência de parto em 48 minutos, dizendo que não aguenta mais, porque agradar a Elphaba é o mais importante da parada....aí começa o rebu, e tudo mais e me vem essa ADORÁVEL piada...


Porque só pode ser piada, né? Foi pra chocar e tal...porque o pouco que eu conheço de anatomia me diz que os bebês ficam no útero, saem pelo canal vaginal e não tem contanto com nenhum órgão interno...ou eu tô errada e existe um risco do meu bebê nascer virado no Jiraya e puxar meu pâncreas, só de sacanagem?

Só rindo, viu? SÓ RINDO...

Comentários

  1. Hahahahha Mariiii! essa gente inventa cada coisa! dá nem pra levar a sério... "o bebê passou levando os orgãos" Essa guria tava gestando esse feto aonde? no C*? ahahhahah brincadeira. Mas facebook é assim mesmo, eu nem entro muito pq sempre me estresso com os posts.

    bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha era em algum lugar que tinha acesso aos órgãos, Ju...de repente era bem lá mesmo...aí veio puxando o intestino grosso...

      Excluir
  2. USAuahuahushauhau verdade mari como pode tanta ignorancia,sabe eu tava parando pra pensar e vc que conhece mas mães ja percebeu que blogs a gente so vee mãe que teve cesarea e nao amamentou???
    Sigo vinte blogs e tem 1 que a mãe tem um menino de 3anos q da mama ainda e teve parto normal mais com violencia no parto,o que vc acha mari?

    ResponderExcluir
  3. Lari, a gente vive numa cultura de que ser mãe é deixar de ser mulher. Você se sobrecarrega se decidir que seu filho só vai mamar no seu peito por 6 meses, e ir parir é feio. Você tem que ir de unha feita, cabelo escovado...é triste.

    ResponderExcluir
  4. Ai Mari, lamentável. Como tem gente desinformada nesse mundo. O jeito é ignorar!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Cada coisa que a gente lê... Eu acho que o parto tem que ser a vontade da gestante, independente de cesárea ou PN. E a gente escuta histórias absurdas de qualquer um dos dois...

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. hahahahahahahahahhaa.... Aiii Mari, to rindo aqui... rsrs Imagina minha reação ao ler isso... eu, uma enfermeira, lendo isso...
    Fiquei até com medo desse bebê... criança nervosa... que isso... rasgar a mãe desse jeito... rsrs instinto assassino né...
    Cada coisa que a gente tem que ler... Cada um com sua opinião nesses assuntos, né... mas falar uma coisa dessa pra chocar, foi o máximo... queria saber o que responderam pra essa criatura...

    Beijooos

    http://esperadomeupresentinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. hahahaha Mari, essa foi pra caba, acho que ela queria descontrair o bafão rsrs!
    Vc tá naquele grupo Primi alguma coisa? eu sai dele quando eu excluir meu face e agora n acho ele pra voltar!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Ainnnn! Ando sem paciência!!!!! Já ouvi tanta pedrada nesses últimos dias. Só duas da última semana.

    "Claaaaro que vai ser cesárea! Eu ainda quero usar o parquinho lá embaixo depois".

    "Claro que teve episio! Ia deixar rasgar pra todo lado é?"

    Eu sou paciente com muita coisa, mas com ignorância ainda falta muito...

    ResponderExcluir
  9. Por essas e por outras nao tenho Facebook.
    Eu sou brigenta, mas agora gravidinha decidi só me concentrar no meu umbigo. Sinceramente no fim das contas cada um faz o que quer e acredita no que quer. Manda a pessoa se informar direito, passa uns sites, mas mais que isso é ir atrás de incomodacao.
    Como dizem aqui na Alemanha se cada um pensar em si estao todos bem-atendidos.
    Quanto aos sites de cesariadas porque "quiseram" e que acham que nao tem problema dar mamadeira eu nem entro. Até hoje só vi a Dani Rabelo que era bem maezinha quando a filha nasceu e mudou pra uma maternidade bem-pensada.
    O problema do número obsceno de cesarianas só vai mudar quando cesariana eletiva for vista, tanto pelas mulheres quanto pelos médicos, como uma coisa idiota (como pode alguém achar legal abrir a barriga?!).
    Na minha opiniao esse paradigma só vai mudar quando o parto normal passar das maos dos médicos, que sao educados para atender doencas, para a de obstetrizes que tem treinamento para atender parturientes saudáveis, que sao, veja bem, a esmagadora maioria! Aqui onde eu moro, considerado 1° mundo, médico é só pra eventos médico e parto é evento fisiológico, as obstetrizes/parteiras atendem e se complicar chama o médico plantonista facinho.
    Mas né a mentalidade é difícil de mudar, minha mae, que pariu todos filhos, ficou chocada que meu parto será com parteira e sem "pique". Ela perguntou: "Como india?" Tive que rir né. Sim, mae, como as indias loiras daqui.
    Bjs,
    Elisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elisa, amei isso de índia loira!!! rsrs Infelizmente, acho que o Brasil jamais chegará nessa patamar, aqui a cesárea já virou rotina, infelizmente.

      Excluir
    2. Nossa eu tava invoacada... hihi. Idiota foi pesado, devia ter dito bobo. Reformulando, idiota nao é a decisao de uma mulher resolver por si só fazer uma desnecessária por algum trauma ou medo (até porque a violência obstetrícia é fato), mas sim do sistema achar isso bacana e as mulheres nao irem atrás de informacao, acreditarem (e ainda espalharem!) em mitos bobos e fantasiosos (que muitas vezes os próprios médicos repetem).
      Enfim, grávidas desconfiem de tudo e se informem em fontes seguras até ficarem zonzas, só entao olhem bem pro seu próprio umbigo e decidam. O parto de um filho é muito importante, nao dá pra deixar outra pessoa (nem o médico) decidir nem decidir em cima de histórias de terror.
      É Mariana, aqui é realmente outro mundo. O parto normal respeitoso é a regra, mas infelizmente as cesarianas sem necessidade tem aumentado (o número total, incluindo as necessárias, tá em 30% - o dobro do que a OMS recomenda). Acho que é o reflexo da nossa geracao que nao consegue esperar nem "sentir dor" (quem inventou que um corte de 10 na barriga é indolor?!).
      As mulheres de hoje, e eu me incluo muito nisso, sao desconectadas do próprio corpo. Em 18 anos desde da menarca eu fiquei pelo menos 12 usando AC. Nao tinha nem idéia mais como era sentir o corpo funcionando. Acho que mulher tb é criada pra achar tudo que é fisiológico feio. É aquilo, sabe, nao deixar ninguém saber que você está menstruada, amamentar só pode bem escondida e só enquanto o bebe pequeno realmente precisa, ter um parto normal é "coisa de índia".
      Bjs,
      Elisa

      Excluir
  10. Imagina essa moça sabe tudo esta coberta de razão... Veja bem: o Igor saiu puxando meu rim, o Caio meu fígado e a Lív puxou minha bexiga, por sorte não tiveram forcas para arrancar um pedaço, deve ter escorregado a mãozinha né, já que estava tão úmido kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são moderados para evitar a fadiga, mas não se acanhe e comente ou me sentirei falando sozinha.

Postagens mais visitadas deste blog

Pensando aqui...

A perda gestacional existe...e tem rosto.

Epifanias