O Papagaio

Ravi é um tagarela no seu próprio idioma e tem um vocabulário bem limitado e criativo em português. Papa (papai, comida e sapato), mama (mama e mamãe), bobó (vovó e vovô), Ba (banho,água, biscoito, suco e qualquer fruta com exceção de uva), uba (é uva mesmo), Dada (Jaja), Neném (toda criança que não é a Jaja) e Tatata (Nathália). Ele também se tornou especialista em onomatopeias, o carro faz bruuuu (sejam  os carros de brinquedo ou o carro/ônibus no qual ele está) e trem faz tutu.
Mas, esse post é pra contar, especificamente, a experiência com a habilidade de repetição. Estava lendo as bobagens proferidas por um membro da minha família no whatsapp quando eu pensei alto "Nossa como ele é babaca" e então...meu filho que brincava com seu trem, sentadinho no chão repetiu "babaca" com todas as letras, sem faltar uma sílaba sequer, e não satisfeito repetiu mais algumas vezes, só pra ter certeza...
E assim começou a saga da mãe desbocada com a criança repetidora...
Sheeva me ajude a segurar minha língua....

A foto não tem nada haver com o assunto, é só pra ilustrar mesmo.

Comentários

  1. Bah, Tamo junta. Esses tempos soltei um caralho! e a menina, mais que prontamente, repetiu: cá! Detalhe, com a mesma entonação!

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha!!! Eles são terríveis!!
    Estou com as anteponhas SEMPRE alertas, né?! Aqui tb tenho que viver me policiando...

    Tá um fofo esse seu papagaio!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ahhhh,morri! Essa é pra nos mostrar que falar palavrão perto de criança não pode mesmo! Pelo menos babaca não é assim uma palavra tão feia, né?!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários são moderados para evitar a fadiga, mas não se acanhe e comente ou me sentirei falando sozinha.

Postagens mais visitadas deste blog

Pensando aqui...

A perda gestacional existe...e tem rosto.

Epifanias